05 janeiro, 2011

Tenerife, um teaser

Tenerife é uma das sete Ilhas Canárias, que pertencem à Espanha e ficam no meio do oceano Atlântico, muito próximas à África. É linda, com um vulcão de 3.718 metros de altura no meio que é a coisa mais impressionante.

Assim que Marido e eu chegamos, nossos amigos que vivem lá nos deram três conselhos valiosíssimos:

1. Alugar um carro, pois o transporte público não é lá essas coisas (infelizmente...).

2. Ter sempre conosco roupas para frio de montanha e praia, pois as temperaturas variam conforme o lado da ilha em que se está.

3. O transporte de uma ilha para outra para turistas pode sair bem caro, além do que também é deficiente. Não vale à pena ir a outra ilha para passar o dia, por mais próxima que ela esteja. Por isso nos recomendaram aproveitar os cinco dias completos que tínhamos para explorar Tenerife por completo.

Seguimos à risca e adivinhem? Nossas férias foram um sonho de perfeitas.

Era feriado de reveillon e já não havia carros disponíveis em nenhuma das agências de aluguel do aeroporto. Recorremos, então, aos rent a car de rua, daqueles super "pega-turistas", sabem? Com pacotes turísticos para visitar macaco com rabo torto, colônia de jacaré bonzinho e assim por diante. Nos entregaram um carro t-o-d-o arranhado e praticamente sem combustível. Mas ne... quem se importa? Andava, que é o que interessa.

Nós rodamos 700 quilômetros e ainda ficou passeios por fazer. Vale dizer que o mapa oficial de lá, distribuído gratuitamente nos quiosques de informações turísticas, é muito bem feito e toda a ilha é muito bem sinalizada. Não nos perdemos uma vez sequer, em cinco dias motorizados.

O conselho da roupa também foi muito válido. No dia que visitamos o vulcão, por exemplo, fazia menos três graus lá no topo e 25º na base. Do inverno para o verão em questão de horas, literalmente.

Um comentário:

Camila disse...

Ótimas dicas, Kelli! Certamente é um roteiro que pretendo fazer em breve. Este final de ano estive em Valencia, litoral da Espanha. Que lindeza de cidade! Adorei tudo, com exceção do frio que uma brasileira q ama o calor não está muito acostumada, mas ainda assim não prejudicou a viagem, perfeitinha tb. :)

Um beijo... e que seus próximos 365 dias sejam muito felizes!