19 janeiro, 2011

Diálogos reais

Cenário:

Dia 1º de janeiro de 2011, Marido e eu fazendo escala no aeroporto de Madrid à espera do voo que nos levaria para Lisboa e atrasou quatro horas para sair devido a uma baita neblina que cobria o aeroporto luso.

Ao nosso lado, mães já impacientes implicam com as filhas que tinham espalhado todas as bonecas do mundo pelo chão para brincarem de casinha.

Conversa:

Eu: Acho que quando tivermos filhos teremos que nos organizar melhor, para pegar sempre voos diretos.

Marido: Com toda a certeza.

Eu: Hummm... mas daí vamos viajar bem menos...

Marido: Não necessariamente.

Eu: É! A gente pode se mudar para uma cidade que recebe muitos voos.

Marido: ... tipo Madrid ou New York...

Eu: Vancouver é super internacional, não é?

Marido: Claro!

Eu: Também tem Londres, Paris...

Marido: Então está combinado, quando tivermos filhos, nos mudamos para uma cidade com muitos voos internacionais diretos para muitos lugares.

***

E é assim que - há três anos completados hoje como Sr. e Sra. Tonon - Marido e eu seguimos fazendo os nossos planos.  

Um comentário:

Por Inteiro disse...

Lindos...