11 janeiro, 2011

Detalhes que fazem diferença

O título desse post é batido, mas conhecer um lugar novo com pessoas que vivem nele faz uma diferença tremenda e viajar com um pouco mais de tempo para fazer turismo “além do básico” também.

Andar de ônibus/ metrô/ trem, tomar café na padaria, ficar na casa de alguém ao invés de hotel (mesmo quando não se tem amigos, pode-se alugar um quarto ou uma casa), “passear” pelos supermecados – o programa preferido do Marido, diga-se –, andar pelas ruas paralelas às mais turísticas, entre outras são todas coisas que, para mim, nos colocam mais em contato com os hábitos locais, nos permite conhecer mais sobre o lugar e as suas pessoas.

Por exemplo, em Tenerife:
Nós fizemos a trilha que o nosso amigo faz para se distrair
Fomos às praias que nossas amigas vão no fim de semana, de areia vulcânica, que é negra
Mas também fomos caminhar em outra praia, essa construída com areia mais clara, que ou foi retirada
do fundo do mar ou trazida do deserto do Saara
Fomos tomar café da manhã no local que eles vão quando querem se dar um mimo

Só continuamos pela estrada depois da placa que diz para não seguir em frente porque foi
exatamente essa a indicação que eles nos deram...
E assim por diante. E posso dizer? Fez toda a diferença.

Que fique claro que eu não tenho nada contra pagar de turista, pelo contário. Eu mesma sou uma turista master, adoro uma loja de lembrancinhas, faço questão de ir a todos os pontinhos marcados nos mapas e guias, para desespero do Marido, mas quando dá para fugir do que já está pasteurizado, acho ótimo.

É, inclusive, o que eu tento fazer com os amigos que recebo aqui em Lisboa, levo-os aos monumentos sim, para ouvir fado quando pedem e para comer pastéis de Belém porque são imperdíveis, mas não deixo de levá-los ao meu miradouro preferido, para tomar um café expresso na padaria ou para comer aquele bacalhau caprichado, naquele restaurante de bairro que, passando pela porta, ninguém dá nada por ele.

4 comentários:

Ricardo Freire disse...

Vixe! Faz toda a diferença! Eu fiz esse esquema algumas vezes, inclusive aí com uns caras legais :D

Beijão Kelli! E feliz ano novo! ;)

Erica Moreira disse...

Kelly que delícia essa viagem! Babei nas fotos, mas faltou colocar o nome do local....rssss, sem esse dado não vou poder colocar na minha lista de viagens.

Tb acho que poder viver um pouquinho da rotina da população local é sempre uma experiência única.

Kelli disse...

Dã! É Tenerife, Érica. O nome da cidade estava no título, mas eu mudei na hora de publicar e não tinha me dado conta que não mencionava ao longo do texto :)
Tem mais fotos no Facebook. Depois olha lá.
bjos!

Sra. Rapadura disse...

Olá querida, que lindas fotos!
Concordo perfeitamente, viajar é vivenciar esses "pequenos grandes" detalhes. Feliz 2011!Bjs