08 maio, 2010

O que é que Lisboa tem?

Essa semana completou dois anos que Marido e eu atravessamos o Atlântico pela primeira vez para enfrentar essas aventuras que são o casamento e viver em Lisboa. Daí eu me dei conta que a despeito dos quase trinta amigos que já passaram pela nossa casa nesse meio tempo, eu nunca fiz um post descente sobre o que ver e fazer por essas bandas.

Para me redimir de tamanha ofensa, afinal são D-O-I-S anos de acolhimento, vou fazer uma série de textos sobre os meus must go em Lisboa e arredores, um guião da minha humilde opinião. Será uma série divida por temas (transportes, museus, passeios, gastronomia, miradouros etc, etc) para eu tentar mostrar mais e escrever menos, tarefa difícil, já vou dizendo :-)

Vamos começar com uma apresentação geral: Lisboa é a capital de Portugal, onde está a maioria ministérios. Isso todo mundo sabe. O que muita gente não imagina é que com toda essa importância política, ela seja tão pequena (para os padrões de uma brasileira e ainda por cima paulistana, claro). A sua população é de 600 mil habitantes, mas o fluxo de pessoas que circula pela cidade diariamente é de 2 milhões.

A cidade tem apenas um aeroporto (o projeto de um novo é a grande discussão política do momento) e é por ele que se chega aqui. Para quem está em certos lugares da Espanha e da França (que eu sei) também há a opção de comboio (aka trem), mas bem mais cara, e de autocarros (aka ônibus), que chegam a ser mais em conta até mesmo que vôos de companhias aereas low cost.

Bem, a conversa tá boa, mas o que é que Lisboa tem, vocês devem estar se perguntando, não é? Então vamos lá...

Tem o Tejo, que de tão largo, às vezes pensa-se que é mar

Tem um castelo bem no meio da cidade

Tem a casa onde Santo Antônio nasceu...

... e tem festa todo dia 12 de junho para celebrar o padroeiro

Tem o Fernando Pessoa e muitos outros poetas

Tem o Bairro Alto (e a constatação: nenhuma foto descente de lá! Por que será? rs...)

Tem fado

Tem ruas estreitas e prédios típicos com roupas penduradas para o lado de fora sem a menor vergonha

Tem um oceanário liiiiindo

Tem o Parque das Nações, também conhecido como zona da Expo

Tem uma rua Augusta muito diferente da que a gente conhece em São Paulo

Tem bacalhau para todos os gostos

Tem doces que nunca terminam

Tem a Praça do Comércio (que está em obras...)

Tem coisas esquisitas também, como toda cidade

Mas pra compensar, tem bondinhos como meio de transporte!

Ufa! Por hora, chega! Afinal, tenho que deixá-los com gostinho de quero mais :) Espero ter conseguido! Aguardem cenas dos próximos capítulos: como se locomover em Lisboa.

3 comentários:

Lisi disse...

Poxa vida! É agora que eu enlouqueço por uma viagem pro exterior!

celina disse...

a cidade é que cresceu á volta do castelo,que tem a assinatura da presença arabe em Lisboa.

zenpaulinha disse...

Adoreeeiiiiiiiiiii!!!

Estava mesmo passada da hora da guia mais sensacional de Lisboa desfilar suas preferências na cidade ;-)

saudades!