14 maio, 2009

Parece até piada

Na semana passada, Lisboa foi tomada por uma onda de calor fora de época. Tipo mínimas de 22 graus (e isso é quente, tá?). Eu, empolgada que só, achei que já era o verão se antecipando e desembestei a lavar cachecóis, blusas, casacos e o edredom.

Tirei todas as roupas de calor que estavam guardadas no armário do segundo quarto e tive um trabalhão para fazer caber no mesmo espaço todas as roupas de frio. Não rolou, então peguei uma das nossas malas – a maior delas – e transformei em gaveta.

Vocês já estão imaginando aonde essa conversa vai chegar não é mesmo? Agora adicionem o seguinte fato: no meio de tudo isso eu estava entusiasmadíssima para sábado chegar e nós irmos a Cascais, cidade litorânea que fica a uns 30 Km de Lisboa. Eu nem queria saber do sol, o negócio era usar meus patins, que enfim consegui trazer do Brasil.

Estava tudo pronto. Roupas cheirozinhas e guardadas e Kelli contando as horas para dar umas bandas sobre rodinhas. Daí o que São Pedro fez na sexta? Subtraiu uns oito graus, mandou uma baita neblina, vento e aguaceiros para o fim de semana inteirinho.

No domingo o tempo abriu um pouco. Como já estava no meio da tarde, deixamos Cascais para lá e fomos para o bairro do Oriente, que é um lugar bem bacana para passear, com muitos bares (conhecidos como Docas) às margens do rio Tejo. Nós já vimos muita gente correr e pedalar por ali, então jurávamos que daria para patinar numa boa. Ledo engano... para onde olhávamos, era só “calçadas portuguesas” (tipo calçadão de Capacabana) que víamos.

Um comentário:

Loliveira disse...

Que bom vc de volta Kelli, e olha situação parecida aconteceu comigo dias atrás. Bjs